– PÃO RAINHA –

Adoro este pão rainha. Nunca gostei muito do bolo rei tradicional, pelo que esta versão que combina frutos secos e abóbora foi a resolução perfeita para a mesa das festas.

Aliás, esta receita é colocada em prática várias vezes durante o ano, precisamente por ser tão saborosa, não dá para aguentar 365 até ao próximo Natal 🙂

DIFICULDADE
INICIANTE

DOSES
4 DOSES

CONFECÇÃO
30 Min.

  • 500gr farinha (300gr trigo integral; 100gr espelta; 100gr centeio)
  • 150gr massa mãe ou 1 carteira de fermento biológico
  • 300ml água tépida
  • 2 colheres sopa sal
  • 250gr geleia de arroz (ou outro adoçante; se for mais forte deve adaptar-se a quantidade)
  • 150gr de puré de abóbora
  • 350gr mistura de frutos secos a gosto 🙂 (amêndoas, nozes, passas, etc.)
  • sementes q.b. (abóbora, girassol, cominhos)
  • canela q.b.
Pão Rainha

Misturar a farinha com a massa mãe. Envolver com as mãos até estar uniforme.

Misturar o sal com a água tépida. Ir envolvendo gradualmente com a farinha, amassando, até formar uma bola que não se pega às mãos. Amassar no sentido dos ponteiros do relógio e sempre de fora para dentro 🙂 Não tenham medo de sujar as mãos, vai saber bem melhor!

Juntar o puré de abóbora e a geleia de arroz, assim como a canela e outras especiarias.

Deixar repousar durante 2h ou até duplicar de volume. Se optaram pela massa mãe, precisam de várias horas de fermentação – o processo é totalmente natural e permite que os agentes atuem ao seu ritmo. As vantagens? Uma digestão muiiito mais fácil.

3

Quando duplicar de volume, envolver os frutos secos e as sementes na massa. Formar o bolo rei (no formato que mais gostarem) e colocar num tabuleiro com papel vegetal.

Deixar repousar mais 30 minutos, enquanto se coloca o forno a aquecer, a 200º.

Depois da última fase de repouso, colocar o pão rainha no forno bem quente. Durante os primeiros 15 minutos numa temperatura elevada (200º) e depois reduzir para 180º durante a restante cozedura. A duração total da cozedura depende da potência do forno, mas cerca de 45 minutos e estará pronto.

Pão Rainha
Pão Rainha

Para ficar brilhante, 5 minutos antes de tirar do forno, pincelar com geleia de arroz.

A reter:

  • Pode adicionar os frutos secos a gosto, assim como outras especiarias que goste do sabor.
  • O tempo de fermentação está totalmente dependente do tipo de fermento utilizado. A fermentação a partir da massa mãe é sempre mais demorada, mínimo 6h. Compensa bastante 🙂 O nosso intestino agradece!
  • Gosto do Pão Rainha não muito doce, pelo que se gostar mais docinho deve aumentar a dose de geleia de arroz.

PARTILHE