– O SISTEMA DIGESTIVO –

O aparelho digestivo (composto pelo estômago, intestino delgado e intestino grosso) é responsável por processar os alimentos, fazendo a divisão do que é para sair (expelindo) e do que é para absorver para a corrente sanguínea.  

Em sentido figurado (e não só!) o sistema digestivo tem a capacidade de digerir emoções, alimentos e pensamentos.  

A relação entre os intestinos e o cérebro – que é o órgão complementar e oposto aos intestinos – é evidente. O aparelho digestivo processa alimentos e garante a absorção do que é mais importante para nós e expulsão do que está a mais. Já identificaram a semelhança com o cérebro? É nele que formulamos pensamentos, os digerimos e processamos – guardamos o bom (supostamente) e deixamos ir o que não nos faz bem.   

Regra geral, quem tem tendência a acumular pensamentos e tem alguns temas não digeridos tem dificuldades no trânsito intestinal. Quanto mais “limpos” e equilibrados estivermos mais vamos estar alinhados com o nosso intestino e cérebro – um reflete o estado de saúde do outro. Isto já não é novidade 🙂 

sistema digestivo

O funcionamento do aparelho digestivo estabelece a qualidade do nosso sangue e o funcionamento de outros órgãos através das suas células, que são nutridas pelo sangue. Se o sangue não for de boa qualidade ou equilibrado (o PH) os órgãos não estarão a desempenhar a sua máxima função.  

“Comer é, assim, o ato mais íntimo das nossas vidas, já que tão poucas coisas se fundem connosco tão profundamente quanto os alimentos que ingerimos.” Francisco Varatojo (in Os Alimentos também curam). Esta frase é das que mais sentido me faz em toda a minha visão do que é a alimentação, o nosso estilho de vida e as emoções.  

Quais os efeitos do mau funcionamento do sistema digestivo?  

Se o sistema digestivo estiver debilitado, a nossa imunidade vai sofrer com isso também. As substâncias tóxicas que não forem expelidas vão entrar na nossa corrente sanguínea e despoletar inflamações. Estas inflamações vão obrigar ao nosso corpo a emitir estados de alerta e a intervir, concentrando energia para resolver este desequilíbrio, afetando a nossa imunidade.   

O fígado, que têm como função filtrar o nosso sangue, vai entrar em sobrecarga se a qualidade do nosso sangue não estiver equilibrada. Assim como os rins, que ajudam neste processo de filtragem e equilíbrio do sangue.  Já o sistema hormonal terá também vários desafios se a nossa digestão estiver alterada, pelos níveis de inflamação que terão de combater e equilibrar.  

Se não conseguirmos processar e expelir o necessário através dos órgãos indicados, a pele será um dos principais órgãos que evidencia esta sobrecarga. O acne, por exemplo, não é mais do que a pele a ajudar os órgãos excretores a libertar-nos da toxicidade e inflamação que temos no nosso organismo.  

Precisam de ainda mais razões para estar mais atentos ao vosso aparelho digestivo? 🙂  

Últimos posts

SnacksÚltimos Posts

Crackers Salgadas

Crackers salgadas ou bolachas marinheiras caseiras. Sem glúten, alimentos processados ou de origem animal. São um óptimo snack, saboroso e textura perfeita. Esta é uma…
SobremesasÚltimos Posts

Crumble

Crumble é uma sobremesa saborosa, suave e crocante ao mesmo tempo. Versão sem glúten, sem açúcar refinado nem alimentos de origem animal.